segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Introdução ao assunto sobre 2012.

Certamente, você leitor ao menos já ouviu falar sobre o boato que mais corre na Internet, não é mesmo? Talvez se o título para este post fosse "O Assunto Mais Falado na Net", você logo imaginaria algo referente a 2012.
Mas qual o motivo para tanto "fuzuê" por causa de mais um boato na Internet? A resposta é mais simples do que parece: porque não é somente um mero boato. Em momento algum, afirmarei se é real ou não.
Mas o que o tornaria diferente dos demais boatos da Internet tais quais os da Samara, BloodyMary, terra oca, palhaço serial-killer, ataques de vampiros no leste europeu, caverna que leva ao Inferno na Rússia e tantas outros mitos da Internet e lendas urbanas? É simples: é a complexidade do assunto, o quanto ele é verossímil, o fato de que todos nós tememos o fim do mundo, sensacionalismo, provas reais de que isso é real ao mesmo tempo em que surgem contraprovas.
O que mais levou à descredibilidade de tal boato foram os "aumentativos" impostos por pessoas sensacionalistas ou que têm algum motivo para querer fazer desacreditada essa profecia; mas antes de falarmos disso, é necessário que antes se veja quando e onde começou esse assunto.
Os dois registros mais antigos que se têm sobre 2012 são o famoso Calendário Maia e o livro I Ching. Muitos não sabem, porém a astronomia dos Maias, Incas e Astecas estavam anos-luz à nossa frente (hoje) quando estes povos foram colonizados, e uma curiosidade é que até hoje, quando se faz alguma descoberta no campo astronômico ou astrológico, é muito comum verificar-se que esses povos já tinham esse conhecimento há milhares de anos (não acredita? Pergunte a qualquer historiador que tenha algum conhecimento sobre os povos da América), ou seja, tudo o que está no Calendário Maia nada mais é do que cálculos astronômicos; já o I Ching é um livro que servia na China, em tempos remotos, para uma função próxima ao que hoje é chamado de Tarô, porém possui funções muito mais amplas, como ver o futuro do mundo, por exemplo. O que esses dois possuem em comum é o seguinte: o calendário Maia termina num dia que, no nosso calendário, equivale a 21/12/2012; já o I Ching, quando usado para se ver o futuro do mundo, termina no dia 21/12/2012. É interessante notar que tanto na época da confecção do Calendário Maia quanto na criação do I Ching, essas duas culturas sequer haviam tido qualquer tipo de contato.
Terence McKenna certa vez criou um software capaz de interpretar todas as profecias feitas pelo I Ching. Adivinhe o que ele descobriu: todas as grandes catástrofes do mundo, desde datas antiguíssimas estavam no software, o que surpreendeu a todos os que estavam incrédulos, e adivinhem em qual data terminava o último evento que sequer ocorreu... 21/12/2012.
O software conhecido como Web Bot Technology também prevê um evento catastrófica para a mesma data.
Nostradamus aponta profecias para o ano equivalente a 2012.
Ramatís, ao interpretar fatos da Bíblia na visão Kardecista aponta para muitos fatos que hoje são comuns no nosso cotidiano e ocorrem atualmente na política.
Em suma, tudo aponta para que algo vá ocorrer em 2012.
Mas o que seria isso? As três teorias mais plausíveis são:
- Explosões solares provocadas no sol que afetarão diretamente a Terra no ano de 2012. Ao menos foi isso o que disse a Nasa.
- Segundo os Maias, de tempos em tempos um planeta chamado por eles de Nibiru ou Hercólubus passa de tempos em tempos próximo à Terra (não, ele não pertence ao nosso sistema solar, mas sua órbita é tão grande que passaria por ele sem sofrer grandes alterações gravitacionais pelo sol). O orbe em questão seria aproximadamente 6 vezes maior que Júpiter e seu campo magnético 1.800 vezes maior que o da Terra (mas tamanho e campo magnético são dados passados por Ramatís). Nibiru provocaria um momento de precessão nos equinócios da Terra, gerando um evento cataclísmico. Há até mesmo quem diga que as recentes catástrofes no mundo sejam a causa de sua influência magnética, tal como a Lua exerce a sua sobre nós.
- A terceira teoria é basicamente a seguinte: em 2012 ocorreriam tanto explosões solares quanto a passagem do planeta Nibiru.

Bom, esta é somente a introdução sobre o assunto, o qual irei elucidar-vos mais em um momento futuro e oportuno.

Amplexos!

Um comentário:

  1. Parabéns layonne adorei seu blog, continue assim ...

    ass - Pimpão

    ResponderExcluir